• Agência X10

Pé, base de sustentação



Você faz algum tipo de exercício para a musculatura do seu pé? Uma estrutura que sustenta o peso do seu corpo ao longo do dia, ao longo de uma vida. Já questionou a sua importância? E a avaliação da postura do seu pé na posição ortostática (em pé) já foi feita?

Existem diversos estudos publicados sobre lesões do pé e tornozelo, e a alta incidência no esporte em geral. Nesta matéria citaremos algumas lesões que acontecem quando o tecido não suporta o estresse, seja ela brusca como um entorse ou pequenas e repetitivas sobrecargas dia a dia como uma tendinopatia.


Entorse do tornozelo Consiste apenas estiramento ou em casos mais agressivos, ruptura parcial ou total dos ligamentos laterais do tornozelo, classificadas em graus de gravidade I, II, III.


A forma mais comum é por inversão, ou seja, um movimento brusco lateral. Nesta ocasião o atleta ou desportista sente a região com edema, dor e limitação ao andar. Nesse caso a recomendação imediata é GELO (se acompanhado de compressão e elevação melhor ainda para o processo de recuperação).


Tendinopatia do tríceps Sural (Tendão de aquiles) A tendinopatia é uma lesão causada por sobrecarga ou por esforço repetitivo, que afeta o tendão, gerando muita dor, inflamação e até deformidades ósseas quando crônicas. Os tendões são estruturas anatômicas que unem os músculos aos ossos, dando movimento aos mesmos.


Pode gerar dor no local ou em áreas mais distantes como atrás dos joelhos. Alterações posturais das pernas ou coluna, ou seja, uma má postura pode influenciar no nosso centro de gravidade, gerando estas sobrecargas. Acredite, o fortalecimento da musculatura do quadril tem grande influência na postura do seu pé!


Fasceíte Plantar A lesão é caracterizada por uma sobrecarga de descarga de peso no calcâneo, gerando dificuldade de apoio nesta região, que acontece principalmente ao acordar.


Uma das lesões mais comuns no pé, não exatamente no surfista, mas não podemos esquecer que a grande maioria faz atividades complementares para ganho de condicionamento, e o próprio processo de envelhecimento é um facilitador.


O melhor tratamento é sempre o tratamento Individualizado O fisioterapeuta avaliará a função, amplitude de movimento e realizará alguns testes para avaliar a presença de encurtamentos e fraquezas musculares, além da estabilidade (ou seja, como sua base de sustentação se mantém durante os exercícios de equilíbrio), de extrema importância para o surf. Em raras exceções o tratamento cirúrgico é indicado.


O fato mais importante é que a imobilização da região após a lesão não é o melhor caminho para a recuperação, nem no caso do tornozelo e em nenhuma outra lesão ortopédica. Fazer uma fisioterapia funcional é a melhor forma de voltar rapidamente ao esporte, sem chances de uma nova lesão.


Um programa dinâmico de treinamento neuromuscular, que incorpore exercícios de estabilidade postural, força muscular, pliometria, habilidades de velocidade, agilidade, mudança e direção fazem parte da Fisioterapia.


Fonte: Alma Surf

0CARRINHO

©2018 - 2020 Direitos Reservados a ®Vibeboard do Brasil

Desenvolvido por Agência X10 

  • whatsapp (2)
  • Facebook - Vibeboard
  • instagram-logo
  • Twitter - Vibeboard
  • YouTube - Vibeboard
  • Google + Vibeboard

Prancha De Equilíbrio, Vibeboard, Treino Core, Prancha Funcional, Equilibraboard, Prancha Vibe, Yoga, Pilates, Skate, Surf, Resistência, Equilíbrio, Força, Pipe, Vibepipe, Treino Funcional

Prancha De Equilíbrio Vibeboard , Balance Board Vibeboard, Treino Funcional, BalanceBoard, Prancha Vibeboard, Treino Core, Surf, Skate, Yoga, Prancha De Equilíbrio, Equilíbrio, Board, Equilíbrio No Surf, Equilíbrio No Skate, Equipamento Fitness, Estabilidade Corporal, Fortalecimento Muscular, Prancha De Equilíbrio, Prancha, Balance Board, Vibeboard, Vibeboard Brasil, Vibeboard Classic, Vibeboard Long Classic, Vibeboard Freestyle, Vibepipe, Vibeboard Board

prancha de equilíbrio

prancha de equilíbrio

prancha de equilíbrio

prancha de equilíbrio